O que levar em conta na hora de alugar um carro para trabalho

A industria de aluguéis de bens está cada vez mais ativa. Hoje, a locação de veículos é mais comum do que imaginam. Tanto que esse tipo de empréstimo é feito até mesmo para quem utiliza o transporte como instrumento de trabalho. Por exemplo, para os motoristas de aplicativos. Veja a relação entre as vantagens e desvantagens do processo.

Como funciona o aluguel de veículos

Uma série de empresas fornece como serviço o aluguel de carros. Os interessados têm a opção de adquirir o serviço por diárias, no caso de viagens próximas ou para algum tipo de emergência.

E ainda, a possibilidade de assinar o contrato para o aluguel do veículo mensalmente. Fazendo a renovação da locação conforme a política da empresa, normalmente a cada 30 dias.

Existe ainda a facilidade de fazer o aluguel por meio de aplicativo, ou pelo site da fornecedora. Realizando o pagamento por meio de cartão de crédito e cadastrando os dados necessários do motorista.

O locador deve comparecer até a agência desejada, escolher o carro conforme suas necessidades, e fazer o pagamento. Alegando que possui todas as exigências necessárias para adquirir o veículo, como habilitação em dia.

O que está incluso no valor do aluguel do carro

No contrato fica descrita quais as condições para o aluguel e as taxas inclusas. Caso opte pelo contrato mensal, por exemplo, o motorista pagará um valor mais em conta comparado a locação diária. E não precisa se preocupar com o pagamento de impostos.

Todos os tributos cobrados sobre o automóvel são responsabilidade da agência. Por exemplo, o seguro DPVAT, IPVA e o licenciamento. O que diminuiu o custo que é tido com um veículo próprio. O licenciamento MG 2020, por exemplo, custa em média R$102,41.

Normalmente, para o aluguel são cobrados valores referentes a:

  • Tempo de locação;
  • Cobertura do seguro;
  • Manutenção do automóvel.

A agência também costuma fornecer um plano com os quilômetros permitidos para rodagem. Podendo ser calculados de forma semanal ou mensal.

Saiba se você deve alugar um carro para trabalho

Antes de adquirir o automóvel próprio é comum que as pessoas façam pesquisas sobre valores, autonomia de combustível, impostos e motor. Para saber mais sobre os impostos anuais cobrados em todos os estados, acesse: licenciamento2020.com.br

Caso opte por realmente fazer o aluguel do veículo e utiliza-lo para trabalho, é importante considerar:

  • Valor semanal/mensal das agências de locação;
  • Formas de pagamento;
  • Custo benefício do aluguel;
  • Escolha do carro ideal: conforto, capacidade motora, mecanização, tamanho e uso de combustível;
  • Percursos a serem percorridos.

A Uber possui algumas empresas parcerias que fornecem valores mais acessíveis no aluguel para os motoristas da rede.

Conheça 6 sedãs esportivos que vão te fazer ir correndo a uma concessionária

Os modelos sedãs são os queridinhos do mercado e estão presentes na lista de desejo dos brasileiros. Quem está pensando em comprar um carro precisa conferir esta categoria de veículos. Antes de ir a uma concessionária, veja esta listinha preparada especialmente para você com os 6 sedãs esportivos mais impressionantes do mercado:

Chevrolet Prisma

Quando falamos em um modelo sedã, espaço e esportivo, é impossível não mencionar o Prisma. Este modelo da Chevrolet conquistou o mercado e não é difícil vê-lo circulando por ai. Tendo um preço acessível, se comparado a outros sedãs, o Prisma tem se destacado no mercado.

Para quem já é fã desse sedã, a grande novidade é que o Chevrolet Prisma 2020 já está sendo testado para atender melhor o seu público. A expectativa é que o modelo 2020 seja ainda mais completo e ofereça o melhor da tecnologia para os seus compradores.

Fiat Cronos

Representando muito bem a Fiat na categoria dos sedã, o Cronos dispõe de um motor 1.3. É possível encher o tanque do Fiat Cronos tanto com álcool como com gasolina.

Sendo bem pontuado não só em sue desempenho nas estradas, o Fiat representa muita segurança para quem o compra. O modelo possibilita freios abs e airgbags laterias e para os passageiros.

VW Virtus Confortline

A Volkswagen é conhecida por ser uma marca de esportivos bastante desejados e para representar a marca, vamos apresentar o VW Virtus Confortline. O Virtus impressiona tanto nas categorias em que atua, que já chegou a ganhar vários prêmios.

Então, que tal possuir um veículo premiado e esportivo? Este modelo da Volkswagen aceita álcool e gasolina. Além disso, é capaz de rodar 7,8 km com um litro de álcool.

Hyundai HB20S

O HB20 é u dos líderes em vendas no mercado e também é um modelo concorrente ao Prisma. O carro se destaca pelo desempenho urbano e por seu conforto. O modelo da Hyndai impressiona o seu público em várias categorias.

Sendo um carro bastante desejado entre os fãs de sedã, o Hyundai HB20 já é considerado um dos carros 2020 mais esperados. Confira o modelo e descubra todo o conforto e segurança deste veículo.

Honda Civic Sport

Para representar a marca de veículos Honda, vamos falar um pouquinho do Civic Sport. Como o próprio nome já diz, este é um sedã esportivo capaz de agradar públicos diferentes.

O carro proporciona muito conforto para os seus passageiros, assim como também é líder no quesito segurança. Vale a pena conhecer mais o sedã Honda Civic Sport!

Descubra o que acontece se você não pagar o FIES

O Fies é um programa de financiamento que ajuda jovens e estudantes a entrarem no nível superior de ensino. O programa passou por alguns mudanças, e além de precisar pagar o financiamento no final do curso, o beneficiado da inciativa precisará cumprir com pagamentos trimestrais. Mas o que acontece com quem não paga o Fies? Esclareça esta e outras dúvidas lendo o texto a seguir.

O que é o Fies?

O Fies é o programa de financiamento estudantil que auxilia diversos estudantes a conquistarem o seu diploma no nível superior. Existem alguns programas que possuem a mesma proposta, mas o Fies se destaque por dispor dos juros de funcionamento mais baixos do mercado.

inscrição Fies pode ser feita através do SisFies na internet. Você pode se cadastrar, informando seus dados pessoais e socioeconômicos. Se aprovado, você será direcionado para os próximos passos do financiamento.

O que acontece se não pagar o Fies?

Como mencionado, o estudante que se beneficiar do Fies terá as mensalidades do seu curso pagas pelo Governo Federal e deverá retorná-las cerca de 18 meses após a finalização do seu curso.

Além do pagamento do financiamento, a partir das regras do novo Fies, será necessário o cumprimento trimestral do valor de R$ 150,00. Desta forma, mais estudantes podem ser agraciados pelo programa.

Se você deixar de cumprir com os pagamentos, pode perder o suporte do programa e ter de pagar o financiamento. Para imprimir a 2 via boleto FIES é preciso acessar o site do banco no qual você realizo ou financiamento ou ir direto em uma unidade responsável.

E se eu não conseguir pagar o financiamento?

Você já deve ter notado que o Fies funciona como um empréstimo. Depois do período estipulado pelo programa, o financiado deverá devolver o valor das mensalidades coberto pelo Governo em leves prestações.

Quando não consegue cumprir o retorno do financiamento, ele pode solicitar a renegociação FiesEste recurso permite que a sua divida possa ser reavaliada e que sejam propostas novas formas de parcelamentos ou um prazo de quitação maior. Vale lembrar que esta facilidade também pode ser utilizada em caso de parcelas atrasadas.

Para solicitar ambos os recursos, é necessário utilizar o SisFies. Você pode acessar o site e fazer todo o processo online, mas deve lembrar-se de cumprir os novos valores e prazos estabelecido. Uma outra opção é ir direto ao bando de financiamento portando seus documentos pessoais e vale lembrar que a presença do fiador é obrigatória!

5 dicas para quem almeja fazer medicina pela nota do Enem

O Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, proporciona o ingresso em diversas universidades públicas e privadas. Em alguns cursos, é preciso atingir uma alta pontuação para conseguir passar e começar a graduação.

É o caso  de quem almeja fazer Medicina, uma das formações ais concorridas. O preparo para garantir a sua entrada no curso deve ser intenso, por isso, confira a seguir 5 dicas para quem almeja fazer Medicina pela nota do Enem:

O Enem é uma das avaliações mais importantes. Depois de participar do exame, você poderá se inscrever nos programas do Sisu e do Prouni, respectivamente responsáveis pelas instituições públicas e privadas. Para participar da próxima versão, é preciso ficar atento às informações do Enem 2019 e realizar a sua inscrição.

Edital

A primeira coisa que você deve fazer, é verificar o regulamento do edital Enem 2019Existem diversas restrições quanto à prova que podem levar à eliminação do candidato. Por isso, esteja ciente de tudo que pode e que não pode ser feito ou levado para prova.

Você irá participar de dois domingos consecutivos de prova e deverá seguir o regulamento durante os dois períodos. Leia o edital e saiba de tudo!

Rotina de estudos

Depois de conferir a data do Enemvocê deverá estabelecer uma rotina de estudos que será seguida até uma data próxima a prova. Separe os conteúdos e estabeleça as horas e os dias que você irá estudá-los.

É muito importante que o estudo vire uma prática, a fim de que você mantenha os conteúdos sempre frescos em sua mente!

Material

Na internet, você poderá encontrar muito material disponível para suporte ou complemento dos seus estudos. Uma outra diva é começar um curso preparatório, na modalidade presencial ou EAD, para aumentar as suas chances.

Simulação

Você poderá ter acesso na rede a provas antigas do Exame Nacional do Ensino Médio, e inclusive encontrará o gabarito das mesmas. Portanto, uma boa dica é fazer simulações do exame com versões antigas.

Também é recomendado realizar provas de redação antigas para se habituar com ambos os tipos de avaliação e estar preparado!

Leitura e escrita

Você deve saber que o Enem é um tipo de exame com muitos textos em suas questões, então, para melhorar a sua capacidade de interpretação, habilidade de argumentação e vocabulário a dica é ler bastante e praticar a escrita. Não se esqueça de se manter atualizado quanto os assuntos mais recentes no mundo, a fim de estar preparado para o tema da redação 2019.

10 concursos com grandes chances de abrir em 2019

Passar em um concurso é o sonho de muitos brasileiros, isto porque, a promessa de remuneração alta e estabilidade no trabalho são benefícios muito visados.

Mas para ser um concorrente selecionado, é preciso se preparar para o exame. Você sabe para quais concursos você deve se preparar? Confira a seguir 10 concursos com grandes chances de abrir em 2019!

Concurso do INSS

O INSS é conhecido por proporcionar diversos benefícios para seus funcionários e tem grandes chances de abrir concurso para as mais diversas áreas de atuação. Quem se interessa em trabalhar para esta instituição deve conferir todas as informações sobre o concurso do inss e se preparar para a prova.

Concurso da MPU

O Ministério Público da União também poderá contratar muitos profissionais para o próximo ano. É importante se preparar para os exames através de cursos e apostilas.

Concurso da polícia civil

Para construir carreira na polícia, é preciso antes ser selecionado através de um concurso. Esta prova é uma das mais concorridas do Brasil, por isso, quem quer participar do concurso da polícia civil deve estar preparado.

Concurso do IBGE

O IBGE é a sigla para Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e a probabilidade de que a instituição abra um concurso é muito grande. As ofertas de vagas serão para alguns cargos temporários e outros efetivos.

Concurso do Banco do Brasil

O Bando do Brasil é uma das maiores instituições financeiras do país, por isso, trabalhar nesta intuição exige muita preparação. A expectativa é que o concurso para alguns cargos no banco abra em 2019. Confira a oferta da sua cidade!

Concurso do TRE

O Tribunal Regional Eleitoral promete abrir concurso para o próximo ano e os cargos serão muito específicos. A preparação antecipada para exame do TRE é indispensável.

Concurso da Caixa

Outra instituição financeira que costuma abrir concurso e contratar muitos profissionais periodicamente, é a Caixa Econômica Federal. A expectativa para a abertura do concurso é muito grande para o próximo ano. Quem tem interesse em participar dessa seleção, de conferir o material de estudo para cada vaga.

Concurso Correios

Os correios dispõem de muitas vagas em vários âmbitos profissionais, portanto, vale a pena conferir a oferta para nível médio e para nível superior.

Concurso Receita Federal

Há uma grande chance da Receita Federal disponibilizar mais de mil vagas através do concurso público. A remuneração é alta, portanto, o exame é bastante concorrido.

Concurso Detran

Sendo o órgão responsável pelos aspectos de trânsito, o Detran também poderá abrir concurso no próximo ano e com uma grande oferta de vagas.

Conheça os principais programas que concedem bolsas de estudo sem precisar do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio proporciona a padronização no ingresso em diversas universidades do ensino público e privado, mas para quem não realizou o exame e deseja ingressar no ensino superior assim mesmo, vale lembrar que existem algumas iniciativas que dispensam o uso da pontuação da prova.

Você sabe quais são? Conheça logo abaixo os principais programas que concedem bolsas de estudo sem precisar do Enem e como se inscrever neles:

Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é uma inciativa que proporciona o ingresso no ensino superior com desconto de até 70% e o melhor é que este programa dispensa a pontuação do Enem!

O programa é destinado para pessoas que não podem cumprir com os custos integrais de uma universidade particular e a oferta de cursos é muito variada. A próxima versão da inciativa é o Educa Mais Brasil 2019.

Para participar desta inciativa nos próximos meses, o candidato precisa realizar as inscrições Educa Mais Brasil 2019 através da internet. Basta verificar a disponibilidade de vagas para a sua região e a instituição para aplicar o seu perfil. Depois que se inscrever, aguarde a divulgação de seu resultado e realizar o pagamento integral da primeira parcela.

Quero Bolsa

Outra iniciativa semelhante ao Educa Mais Brasil e conhecida por dispensar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, é o programa Quero Bolsa. A inciativa é online e permite que o aluno visualize diversas oportunidades em instituições de qualidade.

Para se candidatar a uma vaga, é preciso conferir a oferta de cursos na plataforma online e se inscrever para aguardar a aprovação da sua inscrição. Muitos estudantes já conseguiram seu diploma através do programa.

Ao conseguir a sua bolsa, o desconto nas mensalidades vai até o final do curso! Confira a oferta para a sua cidade através do site e se inscreva ainda hoje. O Quero Bolsa já beneficiou muitas pessoas, seja o próximo!

Vestibular Próprio

Algumas universidade públicas não aderiram ao Exame Nacional do Ensino Médio e o ingresso para elas depende de um vestibular próprio. Então, se você perdeu ou não realizou a inscrição do Enem, você pode ainda conseguir sua vaga no ensino superior através do vestibular independente.

Cada instituição tem seu próprio método de aplicação de prova e dia de avaliação, ou seja, é preciso que você confira as informações de acordo com a universidade que você está interessado. Depois, você deve realizar a inscrição e comparecer para a avaliação portando seus documentos.

Quem pode se inscrever no Prouni em 2019?

Criado em 2004, o Programa Universidade para Todos (ProUni) disponibiliza bolsas de estudos integrais ou parciais para brasileiros de baixa renda que desejam estudar em instituições privadas de nível superior.

Para se inscrever no Prouni de 2019, o candidato deve informar o número de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que deve ter sido realizado no ano anterior, e a senha cadastrada no Enem. Não é permitido se cadastrar com o número de inscrição de outras edições do Enem.

A inscrição do Prouni é gratuita e deve ser feita exclusivamente pela internet, na página do Programa. Vale ressaltar que, ao efetuar a inscrição, o candidato precisa selecionar até duas opções de instituição, de curso e de turno, em ordem de preferência, de acordo com seu perfil.

Os candidatos que possuem alguma deficiência ou que se autodeclarem indígena, preto ou pardo podem optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas (cotas).

Mas quem pode se inscrever?

Para poder participar do Prouni 2019 é necessário que o candidato preencha alguns requisitos. Confira quais são eles:

  • O candidato deve possuir o ensino médio completo na rede pública de ensino ou na rede privada com bolsa integral;
  • Para garantir bolsa integral no Programa o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para quem deseja ganhar bolsa parcial, é preciso comprovar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. É importante verificar o valor do salário mínimo 2019;
  • Também é obrigatório que o candidato tenha participado do Enem no ano anterior e a nota do Exame deve ser no mínimo 450 pontos na prova de conhecimentos e não ter zerado a redação. No entanto, quanto maior a nota, maiores as chances de se obter o benefício;

Os professores da rede pública de ensino que também desejam garantir a bolsa do Prouni para cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia não precisam comprovar renda familiar. No entanto, é preciso que o professor faça parte do quadro permanente da instituição e tenha tirado 450 pontos no Enem do ano anterior, além de não ter zerado a redação.

Depois que o Programa encerra o prazo de inscrição, o sistema do classifica os candidatos de acordo com as opções e as notas obtidas no Enem do ano anterior. Os estudantes são pré-selecionados em apenas uma das opções de curso, de acordo com a ordem escolhida na inscrição e o limite de bolsas disponíveis.

Saiba aqui como fazer sua inscrição no ETEC

Você conhece o ETEC? Sabe como fazer a sua inscrição para esse processo seletivo? Então acompanhe a seguir o post que preparamos com mais informações sobre as Escolas Técnicas Estaduais do estado de São Paulo e como fazer sua inscrição no ETEC.

Centenas de estudantes do estado de São Paulo almejam ingressar em uma ETEC, porém se você é do Rio de Janeiro pode buscar pelo Faetec 2019 afim de ingressar em um curso técnico de qualidade ofertado de forma gratuita.

O que é ETEC?

ETEC é a abreviação utilizada para definir Escola Técnica Estadual de São Paulo, que são instituições de ensino que ministram cursos técnicos e o ensino médio de forma totalmente gratuita.

Atualmente existem cerca de 218 ETEC´s espalhadas em 161 municípios do estado de São Paulo, atendendo assim mais de 212 mil estudantes em diversas modalidades de ensino.

Anualmente essas Escolas Técnicas Estaduais de São Paulo abrem suas inscrições para o seu processo seletivo, oferecendo vagas para diversos cursos gratuitos como:

  • Dança;
  • Técnico em enfermagem;
  • Farmácia;
  • Comunicação visual;
  • Design;
  • Comércio;
  • Edificações;
  • Guia de turismo;
  • Administração;
  • Mecatrônica;
  • Secretariado;
  • Processos fotográficos;
  • Automação visual;
  • Informática;
  • Marketing;
  • Telecomunicações;
  • Mineração;
  • Teatro;
  • Programação de jogos digitais;
  • Museologia;
  • Paisagismo;
  • Rede de computadores;
  • Meio ambiente;
  • Suporte de informática;
  • Recursos humanos;
  • Design de móveis;
  • Regência.

Requisitos ETEC 2019

Os requisitos para se inscrever no ETEC 2019 se dividem de acordo com a modalidade de ensino na qual você deseja ingressar, confira a seguir mais detalhes:

Candidatos ao 1º módulo do Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio na modalidade EJA:

  • Possuir certificado de conclusão do ensino fundamental;
  • Possuir idade mínima de 18 anos completos até o dia da matrícula.

Candidatos ao 1º módulo de cursos do Ensino Técnico:

  • Ter concluído ou estar cursando a 2° ou 3° série Ensino Médio regular:

Candidato que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM:

  • Possuir Certificado ou Declaração de conclusão do Ensino Médio;
  • Ter alcançado no mínimo 450 pontos no ENEM e não ter zerado a redação.

Vagas remanescentes de 2º módulo:

  • O candidato deve possuir experiência profissional nas áreas dos respectivos cursos técnicos;
  • Possuir o Ensino Médio completo.

Curso de Especialização:

  • Ensino Médio completo;
  • Ensino Técnico associado ao Curso de Especialização completo.

Inscrição no ETEC

Deseja saber qual o processo para realizar a sua inscrição no ETEC 2019? Então confira a seguir o passo a passo que preparamos para te ajudar neste momento:

  • Acesse o site oficial do Vestibulinho ETEC;
  • Clique na opção Fazer inscrição;
  • Preencha o formulário de inscrição com todos os dados solicitados;
  • Informe qual curso e a unidade de ensino do ETEC que você deseja;
  • Imprima e realize o pagamento do boleto referente a taxa de inscrição;
  • Conclua a sua inscrição.

Agora que você já conhece melhor o ETEC fique de olho no processo seletivo da instituição para garantir a sua vaga!

 

O que é uma pessoa jurídica?

Todos os nascidos no Brasil possuem registro obrigatório em numeração: o CPF. O Cadastro de Pessoa Física. Com as empresas o processo é o mesmo. Ela possui uma numeração, o CNPJ, e também um nome diferente. Enquanto somos conhecidos como pessoa física as empresas como pessoa jurídica. Esta diferenciação é importante para finalidades fiscais e tributárias. Saiba mais!

Entendendo porque existe pessoa jurídica

O Brasil é um país repleto de empresas dos mais diversos tipos, segmentos e com arrecadações diferenciadas. Como seria controlar todas as empresas abertas sem controle? Como saber se elas vendem produtos legais ou não, se estão contratando funcionários corretamente ou os submetem a trabalho escravo? Por isso é preciso registrar a empresa. 

Todas as empresas em funcionamento no Brasil devem ser registradas e quando isso acontecem elas começam a ser tratadas como pessoa jurídica. A definição diferenciada é para separar o registro de um cidadão comum, com corpo físico, de uma empresa que pode existir apenas no papel mas não ter endereço fixo de atendimento. 

A necessidade de registrar todas as empresas no Brasil como pessoa jurídica vai muito além de saber se existe um ponto comercial em um local. A principal é a tributária. O país precisa arrecadar impostos para suas atividades e programas com o registro do CNPJ na Receita Federal de cada empresa é que se pode arrecadar tanto na emissão de notas fiscais como fiscalizar a atividade (se é de meios lícitos). 

Tipos de pessoa jurídica no Brasil

O registro de uma empresa deve ser feito na Receita Federal e em seguida na prefeitura de sua cidade. Também é preciso realizar pedido de vistoria e registro no Corpo de Bombeiros local e só depois abrir as portas para funcionamento. Isso vale tanto para empresas de pequeno, médio como grande porte. 

Mas para cada tipo de empresa ela se encaixa em um padrão. Toda pessoa jurídica recebe um número de registro na Receita federal, o CNPJ: Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica. Quanto aos tipos elas podem ser:

  • Micro Empreendedor Individual – MEI – para apenas um dono;
  • Micro Empresa – ME –  para dois donos ou mais mas faturamento menor;
  • Empresa de Pequeno Porte – EPP;
  • Sociedade Limitada – Ltda;
  • Sociedade Anônima – SA;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) – LTDA.

Imposto de Renda pessoa jurídica

Todos os anos tanto os portadores de CPF como CNPJ precisam declarar o seu imposto de renda. Isso é realizado por meio de formulário online, com envio gratuito, informando ganhos e gastos ao longo do ano anterior. Tudo o que for contabilizado na economia individual até o dia 31 de dezembro do ano anterior deve ir para a declaração. 

Imposto de Renda Pessoa Jurídica tradicionalmente deve ser enviado no primeiro trimestre do ano. A Receita Federal informa qual a data inicial e a final. Não cumprir o prazo gera multa para a empresa. 

O proprietário de uma empresa sempre declara duas vezes seu rendimento, tanto como pessoa física como jurídica. O que a empresa rende de lucro bruto e faturamento anual em nada interfere em abatimentos ou ganhos como pessoa física. Os dois formulários devem ser enviados.

Quando você pode sacar o FGTS?

O FGTS é a sigla para Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Este é o benefício mais importante conquistado pelo trabalhador e amparado pela CLT – Consolidações das Leis Trabalhistas. O empregador não pode deixar de pagar e o trabalhador possui direito a usar o valor de diversas formas. Saiba mais!

Como funciona o FGTS

Todos os meses a empresa depositar um valor pequeno em uma conta da Caixa de controle do  Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) correspondente ao FGTS. Ele é proporcional ao salário recebido por seu funcionário e deve ser pago todos os meses como determina a CLT. 

O valor fica guardado enquanto o trabalhador está em atividade com sua carteira devidamente assinada. Enquanto ele possui salário não necessita do benefício, apenas quando está fora dele. Ele serve como um amparo financeiro quando há um deslocamento do mercado para ajudar na recolocação. 

O dinheiro do FGTS é do funcionário, por isso é descontado 8% do salário de cada contratado sempre. Isso quer dizer que quem ganha mais acumula mais e quem ganha menos possui um montante menor para sacar de FGTS por consequência.

Para garantia do trabalhador ele pode consultar o seu extrato do FGTS a todo momento através de um aplicativo da Caixa ou no site do INSS com seu CPF e dados cadastrais. Caso o empregador não esteja depositando corretamente pode reivindicar seu direito diretamente na empresa ou no Ministério do Trabalho. 

Quando se pode sacar o FGTS?

O dinheiro depositado do FGTS fica acumulado para disponibilizar em algumas situações que o trabalhador possa precisar de uma renda a mais. São de praxe o desemprego sem justa causa e aposentadoria por idade ou tempo de serviço. Se houve a contribuição mínima de dois anos o valor fica disponível. 

Mas há outras situações que se pode sacar o FGTS. São elas:

  • Quem possui mais de 70 anos;
  • Desempregados em um período superior de três anos;
  • Moradores de áreas que sofreram desastre natural;
  • Portadores de HIV mesmo trabalhando;
  • Portadores de doenças degenerativas; 
  • Para ajudar a pagar um imóvel financiado ou por consórcio.

Demitidos por justa causa infelizmente não possuem acesso ao FGTS, apenas após se aposentar ou se enquadrarem em alguns dos motivos listados acima. No mais, o valor é liberado automaticamente quando se alcança a aposentadoria ou dá entrada no INSS para receber o benefício mensal.

Como sacar o FGTS?

O saque do FGTS deve ser realizado em uma agência da Caixa Econômica Federal. Mas para ter acesso ao valor é necessário requisitar antes, uma liberação cadastral. Isso pode ser feito diretamente no Ministério do Trabalho, nas agências do INSS ou agências da Caixa Econômica Federal.

Os documentos necessários são:

  • Documento oficial com foto – habilitação, identidade, passaporte ou carteira de trabalho;
  • Carteira de trabalho.

Uma vez solicitado o valor é liberado em uma agência da Caixa para saque. Para quem é cliente do banco público pode ser feito o depósito na conta corrente ou poupança e ser usado como desejar. Não é preciso sacar o valor todo, ele ficará disponível de igual forma. 

FONTE