Descubra o que acontece se você não pagar o FIES

O Fies é um programa de financiamento que ajuda jovens e estudantes a entrarem no nível superior de ensino. O programa passou por alguns mudanças, e além de precisar pagar o financiamento no final do curso, o beneficiado da inciativa precisará cumprir com pagamentos trimestrais. Mas o que acontece com quem não paga o Fies? Esclareça esta e outras dúvidas lendo o texto a seguir.

O que é o Fies?

O Fies é o programa de financiamento estudantil que auxilia diversos estudantes a conquistarem o seu diploma no nível superior. Existem alguns programas que possuem a mesma proposta, mas o Fies se destaque por dispor dos juros de funcionamento mais baixos do mercado.

inscrição Fies pode ser feita através do SisFies na internet. Você pode se cadastrar, informando seus dados pessoais e socioeconômicos. Se aprovado, você será direcionado para os próximos passos do financiamento.

O que acontece se não pagar o Fies?

Como mencionado, o estudante que se beneficiar do Fies terá as mensalidades do seu curso pagas pelo Governo Federal e deverá retorná-las cerca de 18 meses após a finalização do seu curso.

Além do pagamento do financiamento, a partir das regras do novo Fies, será necessário o cumprimento trimestral do valor de R$ 150,00. Desta forma, mais estudantes podem ser agraciados pelo programa.

Se você deixar de cumprir com os pagamentos, pode perder o suporte do programa e ter de pagar o financiamento. Para imprimir a 2 via boleto FIES é preciso acessar o site do banco no qual você realizo ou financiamento ou ir direto em uma unidade responsável.

E se eu não conseguir pagar o financiamento?

Você já deve ter notado que o Fies funciona como um empréstimo. Depois do período estipulado pelo programa, o financiado deverá devolver o valor das mensalidades coberto pelo Governo em leves prestações.

Quando não consegue cumprir o retorno do financiamento, ele pode solicitar a renegociação FiesEste recurso permite que a sua divida possa ser reavaliada e que sejam propostas novas formas de parcelamentos ou um prazo de quitação maior. Vale lembrar que esta facilidade também pode ser utilizada em caso de parcelas atrasadas.

Para solicitar ambos os recursos, é necessário utilizar o SisFies. Você pode acessar o site e fazer todo o processo online, mas deve lembrar-se de cumprir os novos valores e prazos estabelecido. Uma outra opção é ir direto ao bando de financiamento portando seus documentos pessoais e vale lembrar que a presença do fiador é obrigatória!